Parque Natural Municipal do Morro do Macaco

Parque Natural Municipal do Morro do Macaco

O Parque Natural Municipal do Morro do Macaco foi criado através da Lei Municipal Nº 113/94 e incorporado ao Plano Diretor Municipal (Lei Complementar nº106/2009) como uma Zona da Unidade de Conservação do Parque Natural do Morro do Macaco (ZUC PNMM), com o intuito de conservar e proteger a região do Morro do Macaco e Ilha do Amendoim/Macuco.  

Está localizado no bairro de Canto Grande, na porção mais ao sul do município. Atualmente a área está no aguardo da elaboração de um Plano de Manejo que possa nortear o uso e ocupação do solo.

O Parque possui diversos mirantes naturais e locais com vistas panorâmicas. Destaque para o topo do Morro do Macaco (191m de altura – visita gratuita) e para o Mirante Eco 360º (218m de altura – visitação paga).

O acesso ao mirante do Morro do Macaco é feito por uma trilha ecológica, com entrada a partir da praia de Canto Grande, próximo ao costão esquerdo. A trilha é considerada de dificuldade média/moderada e leva de 30 a 40 minutos para chegar até o topo, para iniciantes considerar pelo menos 1 hora, mas vale cada minuto gasto. A subida é bastante íngreme e deve ser feita com calçado fechado, preferencialmente quando o sol e o calor não forem tão intensos e exige muita atenção. No caminho há pontos para descansar e outros mirantes, nos quais você pode tirar fotos incríveis e recuperar o fôlego. 

No topo do morro é possível avistar as praias de Canto Grande, Mariscal, Quatro Ilhas, Zimbros, Morrinhos, Cantinho de Zimbros, Parque Natural Municipal Costeira de Zimbros, além da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e suas ilhas Galé, Deserta, Arvoredo e  Calhau de São Pedro. A vista é ainda mais incrível tanto no nascer quanto no pôr do sol.

Pelas condições topográficas, o morro é propício à prática da escalada, e os ventos também são ideais para a prática de voo livre e parapente.

Praias

– Praia do Macuco: localizada na Ilha do Macuco ao sul do maciço do Morro do Macaco, é uma pequena praia preservada, com apenas 11,84 metros de extensão. Não apresenta nenhum tipo de infraestrutura, sendo que o seu acesso é restrito a embarcações.

– Praia do Buraco Quadrado: localiza-se próximo a praia da Tainha na porção sudoeste do PNMM, sendo o acesso feito por meio de propriedades particulares, uma vez que a praia é isolada do mar por rochas. É uma praia preservada com 26 metros de extensão.

– Praia da Tainha: na porção sudoeste do PNMM, local com pouca ocupação, com pequenas residências situadas atrás do cordão de dunas vegetado. Seu acesso é feito por uma estrada de terra que tem início na praia da Conceição. Possui infraestrutra restrista a alguns bares, quiosques e restaurantes. A praia possui cerca de 213,20 metros de extensão.

– Praia do Cação: praia mais a oeste do PNMMM,localizada na ponta oeste do maciço do Morro do Macaco, consiste em um local preservado com uma praia de 64,5 metros de extensão, sendo o acesso feito apenas por meio de trilha (propriedades particulares) ou pelo mar. 

– Praia do Porto da Vó: voltada para a baía de Zimbros, a noroeste do morro do macaco, uma pequena praia com 104 metros de extensão, com acesso a partir da estrada da praia da Tainha, por meio do mar ou trilha. A ocupação humana se restringe a casas particulares de veraneio e por moradias de alguns pescadores/aquicultores tradicionais, com cultivos de moluscos logo a sua frente.

– Praia D’Aguada: próxima à Praia do Porto da Vó, também voltada para a baía de Zimbros a noroeste do morro do macaco, localizada na encosta do Morro do Macaco, próximo a praia do Canto Grande Mar de Dentro em uma área de cultivo de mexilhões. É uma praia com muitas rochas e pouca faixa de areia, sendo esta descontinua. A praia possui 116 metros de extensão é um local preservado, acessível apenas por trilha ou barco.

– Praia da Figueira (Porto do Jorge): é uma pequena praia localizada no extremo norte do maciço do Morro do Macaco, possui um galpão instalado na sua faixa de areia e um pequeno trapiche. Pode ser acessada pelo mar ou trilha com acesso pelo costão do Canto Grande Mar de Dentro.

Ilha do Macuco ou do Amendoim – a ilha faz parte do Parque e seu acesso é feito por embarcações. É uma área muito apreciada por mergulhadores e pescadores amadores.

Ao realizar atividades na natureza, lembre-se sempre:

Não tire nada além de fotos,

Não leve nada além de lembranças,

Não deixe nada além de pegadas,

Não mate nada além de tempo,

Não queime nada além de calorias!

DICAS IMPORTANTES SOBRE AS TRILHAS

  •  A trilha do Morro do Macaco é íngreme e de grau de dificuldade moderado, por isso requer bom condicionamento físico;
  • Use meias e calçados fechados para fazer caminhadas e trilhas;
  •  Proteja-se do sol utilizando boné ou chapéu e protetor solar;
  •  Não faça a trilha sozinho;
  •  Evite fazer a trilha nos horários mais quentes do dia, entre 11h e 15h;
  •  Respeite a natureza e os outros visitantes: fale baixo, não utilize caixas de som, deixe cada coisa no seu lugar e não obstrua a passagem;
  •  Você é responsável pela sua segurança, portanto, não se arrisque;
  •  Leve água e mantenha-se hidratado. Traga de volta todo o lixo que produzir;
  •  Mantenha-se no caminho principal, não utilize atalhos para encurtar caminhos.

ORIENTAÇÕES:

  •  Não faça trilhas quando está chovendo ou logo após períodos de chuva intensa;
  •  Não faça a trilha descalço ou de chinelo/sandálias;
  •  Não é aconselhável o consumo de bebidas alcoólicas antes e durante a realização da trilha;
  •  É proibida a entrada de veículos motorizados;
  •  É proibido cortar ou arrancar a vegetação do parque. Respeite os animais e as plantas;
  •  É proibido deixar lixo nas trilhas e praias. Traga seu lixo de volta;
  •  É proibido fazer fogueiras e acampamentos no parque;
  •  É proibido levar animais domésticos no parque.

FONTE: PORTAL DE TURISMO DE BOMBINHAS

O’QUE FAZER EM BOMBINHAS A NOITE

O’QUE FAZER EM BOMBINHAS A NOITE


Bombinhas é uma cidade linda por natureza, possui a mais lindas praias do sul do país, tem praias para todos os gostos, praias mais movimentadas, desertas, sem ondas, com pouca onda ou até para surfista com bastante ondas, todas elas com águas muito limpas. Bom agora que já sabemos um pouco sobre Bombinhas vem a pergunta e a noite o’que podemos fazer?

Na praia do centro tem centenas de lojinhas situadas na avenida principal, local onde geralmente aglomera muita gente visitando as lojinhas que são dos mais variados tipos, lojas de artesanato com lembrancinhas da cidade, lojas de roupas, bijuterias, calçados , joalherias e óticas, e muito mais, além da lojas pela avenida tem também o Shopping Punta Blú que tem uma linda praça de alimentação e centenas de lojas, anexo ao shopping tem uma agência bancária da Cooperativa Sicredi.

 Sobre a avenida principal também possui muitos bares, restaurantes, pubs e conveniências onde geralmente se reúnem muitos jovens, como no caso da conveniência Summer Beer uma das pioneiras na cidade muito conhecida por todos turistas que frequentam Bombinhas, la é um point de encontro muito badalado, lá você tem um choque de culturas, vai encontrar pessoas vindas de quase todos estados brasileiros, desde turistas a pessoas que vem a cidade a trabalho, e muitos em grande maioria estrangeiros vindos principalmente da Argentina, Uruguai e Paraguai.

Para quem gosta de uma festa na praia do Mariscal tem a casa de shows Mentawai que traz principalmente shows  Nacionais de Reggae.

Na praia de Bombas também tem um “shopping”, o Shopping Russi Russi da mesma rede do Russi Russi de Itapema. Este é um pouco mais simples, mas também tem praça de alimentação e diversos jogos para divertir a criançada, o Shopping Russi Russi é chamado de Shopping de verão pois fica aberto somente durante a temporada de verão.

Conveniência Mbarete em Bombas

Em bombas tem um lindo calçadão com ciclovia na avenida principal que se estende por toda avenida, a noite geralmente se vê muita gente caminhando principalmente nas proximidades do shopping. Na orla da praia também tem um calçadão com ciclovia que pega de ponta a ponta a praia de Bombas, muito agradável para se passear inclusive a noite. Bombas tem 2 dos mais tradicionais restaurantes da Cidade, o Restaurante Olímpio, um dos melhores lugares para se comer um peixe de época bem fresquinho, pescado pela própria família Olímpio,  outro restaurante tradicional é o Cesar Restaurante inaugurado em 1988, hoje está de casa nova um lindo e moderno restaurante com visual diferenciado, difícil passar em frente e não reparar na linda estrutura.

Para quem busca uma boa balada, nas cidades próximas tem bastante opção e tudo fica pertinho, e a gente fala de casas noturnas famosas, como a green valley, warung beach club, el fortin, Shed Western Bar, Marias Club, Estação Country Bar, Lofty Porto Belo,  e por aí vai, são tantas as opções que é difícil lembrar todos.

Como vocês perceberam em Bombinhas não tem somente as praias para se divertir, a noite também tem oque fazer , tem atividades para todos os gostos e idades basta se programar e aproveitar ao máximo sua visita em nossa cidade.

TPA-Taxa de Preservação Ambiental

TPA-Taxa de Preservação Ambiental

TPA – taxa de preservação ambiental, seguidamente confundida com pedagio (pedagio é destinado a manutenção de ruas, estradas, rodovias ) já a TPA é destinada a preservação ambiental, fiscalização de áreas de proteção ambiental como a costeira de zimbros e o parque municipal morro do macaco, na limpeza de praias e ruas, coleta de lixo, saneamento básico, e tudo mais que for relacionado a preservação do meio ambiente.É cobrada de todos os veículos com placa de fora da cidade, incluindo os estrangeiros, no caso dos Brasileiros funciona como uma taxa automática você não precisa parar para pagar é só depois acessar o site da prefeitura e pagar com cartão de crédito ou procurar um dos diversos pontos de cobrança espalhados pela cidade. Já os estrangeiros precisam parar na entrada da cidade e pagar no momento da entrada pois o sistema não é integrado com placas estrangeiras.

A taxa tem validade de 24 horas após esse prazo se sair da cidade e voltar será gerado outra cobrança, mas caso saia e retorne antes de 24h da última cobrança não será cobrado.

A cobrança é feita somente de 15 de Novembro a 15 de Abril

Perguntas e Respostas mais comuns:

Pergunta: A TPA é paga por dia de permanência na cidade?

Resposta: Não, a taxa só é gerada quando entrar na cidade, se você entrar na cidade permanecer por exemplo 10 dias e sair será cobrado somente 1 vez.

Pergunta: Se eu estiver na Praia de Bombinhas e for passear em outra praia de Bombinhas pago a taxa novamente?

Resposta: Não pagará , pois a taxa é cobrada na estrada da cidade então você pode circular por todas as praias da Cidade de Bombinhas sem que haja nova cobrança.

Pergunta: Tenho imóvel em Bombinhas, também devo pagar a TPA?

Resposta: Por possuir imóvel em Bombinhas você pode fazer um cadastro e solicitar a isenção da TPA, mas vale lembrar que este cadastro é atualizado anualmente.

Pergunta: Moro em Bombinhas mas meu carro tem placa de outra cidade, posso solicitar isenção?

Resposta: Sim, é só ir até o escritório da TPA com os documentos necessários, comprovando a residência na cidade e solicitar a isenção.

Conheça a Praia da Sepultura

Conheça a Praia da Sepultura

Uma das praias mais procuradas da região, a Praia da Sepultura, em Bombinhas, é uma excelente opção para o mergulho livre. Suas águas límpidas e sem ondas atraem pessoas de todas as idades, que passam o dia mergulhando e observando os peixes coloridos que vivem por lá.

A praia se chama assim devido a uma lenda local que conta que, no século XIX, mais precisamente em 1840 o corpo de um escravo (morto após uma briga) foi enterrado ali. Antes era chamada de Praia da Embaixada.

A região recebe muitos visitantes durante a alta temporada, em outras épocas fica praticamente deserta, permitindo que se desfrute de sua beleza com bastante tranquilidade. As águas são tão calmas que parecem piscinas naturais.

Um dos melhores pontos para o mergulho, é possível realizar tanto o mergulho de flutuação, como o livre e o autônomo.

La mesmo você pode alugar caiaques, pedalinhos e pranchas, para desfrutar o local com um pouco mais de intensidade.

Por ser muito procurada, aconselha- se em períodos de alta temporada  ( dezembro,Janeiro, Fevereiro e Março), ir bem cedo para conseguir um lugar na areia, pois além da praia ser muito procurada a faixa de areia é pequena, mas vale a pena o esforço, nos outros meses do ano a praia da Sepultura fica quase deserta, assim dá para aproveitar bastante.

Na alta temporada a Praia da Sepultura se torna também um ponto de encontro de lanchas, barcos e jetskis ,lá é ponte de parada de quase todos barcos de passeio, por ter águas bem calmas é um ponto ideal para as embarcações ficarem ancoradas, e fazer uma pausa para mergulho.

Bem no canto da praia para os que gostam de contato com a natureza tem uma trilha que leva até a ponta da península, um local muito agradável e gostoso para se se sentar e admirar a beleza do mar, da natureza, e relaxar ouvindo o som do mar batendo nas pedras, um som que faz qualquer pessoa relaxar. No meio da trilha, em um local onde tem uma árvore bem grande caída tem uma outra trilha  que dá acesso a uma linda piscina natural, esta trilha é pequena mas tem uma parte bem íngreme, que possui cordas para ir se segurando. Esta segunda trilha é indicada para pessoas com mais experiência em trilhas , possui grau de dificuldade alto. Mas vale a pena conferir. 

COMO CHEGAR EM BOMBINHAS

COMO CHEGAR EM BOMBINHAS


Mesmo não sendo uma capital, Bombinhas está próxima de dois aeroportos – Florianópolis e Navegantes -, facilitando muito o acesso à cidade. Quem não está de carro tem a opção dos ônibus até Balneário Camboriú, já que a oferta de ônibus até Bombinhas é bem pequena.

Avião

O Aeroporto de Florianópolis está a 80 km de Bombinhas e o de Navegantes, a cerca de 60 km. Ambos são boas opções para quem quer percorrer grandes distâncias de sua cidade natal até a pequena cidade praiana. Os dois aeroportos têm diversos voos diários entre as principais capitais brasileiras, principalmente Rio de Janeiro e São Paulo. O novo Aeroporto de Florianópolis recentemente inaugurado esta como uma estrutura, muito bem organizada e moderna que agiliza muito no processo de check-in, embarque e desembarque, sem contar na grande quantidade de taxis a disposição logo na entrada do aeroporto, para quem preferir a demanda de uber também é grande. Já o aeroporto de navegantes tem a vantagem de estar um pouco mais próximo de Bombinhas, porém dependendo do horário pode pegar bastante trânsito por ter o porto de Itajaí nas proximidades.

Floripa Airport

Ônibus

Para quem vem de ônibus é necessário comprar passagem até Itapema ou Balneário Camboriú, cidades mais próximas com grande demanda de transporte, e de lá pegar outro para Bombinhas ou pegar um táxi da rodoviária onde desembarcou até Bombinhas.

Carro 

Para quem vem de carro tanto pelo sul como pelo norte o acesso é feito pela Br 101, no km 243, onde é necessário pegar a SC 412, atravessar a cidade de Porto Belo, uma cidade cheia de história, e então depois de atravessar a cidade enfim chegar em bombinhas. onde logo na entrada você tem uma vista muito linda da praia de Bombas, tem um mirante logo na entrada.

Depois de chegar em Bombinhas é só se direcionar para a praia de seu desejo, que não são poucas as opções, mas a mais cobiçada de todas é a praia central, a famosa praia de Bombinhas.

Praia de Bombinhas  

Ilha Deserta e Calhau de São pedro

Ilha Deserta e Calhau de São pedro

Ilha Deserta

Um pouco mais afastada da costa, a Ilha Deserta é a menor ilha da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e também um local importante para a reprodução de aves marinhas como o trinta-réis e o gaivotão. O mergulho lá é indicado somente para pessoas que têm mais experiência, uma vez que o local é desabrigado e tem forte correnteza, ondas mais fortes e correntes de retorno. A profundidade pode atingir os 40 metros em determinados locais. A vida marinha faz valer a pena os riscos do mergulho nesta região pois a ilha é refúgio das mais diversas espécies de peixes, crustáceos e corais.

Por se tratar de uma área de reserva ambiental a pesca é proibida no local, com esta política de proibição de pesca  a vida marinha no local está se expandindo cada vez mais, com uma grande variedade de espécies de peixes, crustáceos , tartarugas  e aves que usam o local como refúgio para a procriação.

Costão da ilha Deserta

Ilha do Calhau de São Pedro

O acesso de barco até a ilha é bem difícil. O lugar é desabrigado e as correntes marítimas são muito fortes. Por isso só os mergulhadores mais experientes devem se aventurar por lá. Na ilha do Calhau de São Pedro também é refúgio para aves  marinhas se reproduzirem, por ter muito pouco contato humano as aves se sentem a vontade no local. 

Por fazer parte da Reserva também é proibido o desembarque, pesca e visitação no local, para poder manter sua fauna e flora intacta. 

A fiscalização nas quatro ilhas da Reserva fica por conta da ICMBio – Instituição Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. O instituto é responsável por propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar todas as unidades de conservação federais, além de fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade e exercer o poder de polícia ambiental para a proteção da biodiversidade em todo o Brasil, tanto na área terrestre como na área marinha.

Open chat
1
Olá!
Em que podemos lhe ajudar?