Surf em Bombinhas

Surf em Bombinhas

O que saber antes de surfar em Bombinhas

Todo cuidado é importante. Por se tratar de uma atividade que tem um certo risco de acidente, é muito importante que você se prepare, caso não seja um surfista mais experiente.

Contrate um instrutor

Se você está engatinhando no surfe, evite iniciar sem uma boa instrução. Contrate um guia que te introduza no esporte.

Em Bombinhas você pode encontrar instrutores que dão aulas rápidas, especialmente criadas para turistas. Neste caso, vale ver com o seu hotel ou pousada se há indicações. Do contrário, procure pelas barracas na praia. Sempre há um instrutor que deixa o contato e faz parcerias que podem baratear muito as aulas.

Tenha equipamentos seguros

O ideal é que você tenha seus próprios equipamentos, mas sabemos que nem todo mundo pratica o surfe com frequência e, por isso, não investe em pranchas e outros acessórios.

Em algumas praias de Bombinhas você encontra equipamentos para alugar, mas é muito importante saber analisar se eles estão em bom estado.

Evite pegar equipamentos de profissionais desconhecidos. Veja se há alguma certificação ou comprovação que todos os materiais são legítimos e estão em boas condições. Isso evita acidentes durante a prática.

Escolha os lugares certos

Mesmo tendo os points certos para surfar em Bombinhas, você precisa saber qual é o mais adequado, considerando a sua experiência.

Existem algumas praias onde as ondas são maiores, outras que têm pedras, algumas são mais rasas, etc. Tudo depende de entender o terreno, conversar com moradores locais e decidir. No proximo post indicaremos os melhores lugares para surfar em Bombinhas, fique atento a nossa proxima publicação.

Casamento na praia

Casamento na praia

Entrar na igreja de branco é o desejo de várias noivas. Mas para aquelas que preferem uma cerimônia mais descontraída, se casar na praia pode ser a opção ideal. Você já parou para pensar que o casamento dos seus sonhos pode ser ao lado do mar? 

Esse tipo de cerimônia ao ar livre vem se tornando cada vez mais procurada. Se casar na praia deixou de ser algo raro de acontecer, hoje os casamentos com os pés na areia se tornaram uma tendência e o sonho de muitas pessoas.

Esse contato mais próximo com a natureza, os pés na areia e o barulho das ondas no fundo é perfeito para os apaixonados pela praia, optar por um casamento com esses aspectos naturais acaba encantando muita gente. Se você é um desses que não consegue ficar longe do mar, então fique sabendo que se casar na praia pode ser a melhor opção de lugar para seu casamento dos sonhos. 

Cenário perfeito para as fotos de casamento 

Além de ser a paisagem perfeita para dividir um momento tão especial quanto esse com seu amor, a praia possibilita cenários perfeitos para as fotos da cerimônia, afinal de contas, você vai querer guardar recordações desse momento para sempre. A luz natural do sol propicia uma iluminação perfeita para as fotos, com a equipe de fotografia certa, as fotos desse dia especial serão diferenciadas. Com as novas tendências de casamentos ao pôr do sol, as fotos ficam com uma iluminação única.

Cerimônia de casamento mais íntima 

Se você está pensando em chamar apenas os amigos e familiares mais próximos, saiba que um casamento na praia é perfeito para isso, geralmente essas celebrações possuem uma lista de convidados mais íntimos. Nada de convidar o tio da prima da sua mãe que não te visita a mais de dez anos, o ideal para essa ocasião ao ar livre é ser mais reservada, com os familiares e amigos que estão com o casal mesmo nos momentos mais difíceis e acompanham essa história de amor desde o começo. 

Decoração para se casar na praia 

A decoração pode seguir diversos estilos. Geralmente, as decorações de casamentos praianos envolvem mobílias mais rústicas, panos e tecidos de cores claras. Se você pretende se casar na praia a noite, tochas são ótimas opções que trazem um clima de luau.  

O importante é sempre estar em harmonia com o ambiente ao redor. Por se tratar de um casamento na praia, contemplar a natureza é essencial, sempre utilizando sua decoração em equilíbrio com o mar, a paisagem e dar valor a luz natural do sol e em meio a isso tudo, fazer com que a decoração mantenha um estilo único e tenha a sua cara. 

Estilo mais descontraído para as roupas  

São muitas opções de roupas para os noivos, madrinhas e convidados. Apostar em roupas mais descontraídas e com tons mais claros são as opções mais usadas, é possível manter a elegância e abusar de um vestuário mais leve. No caso dos sapatos, se a cerimônia for com os pés na areia, as melhores escolhas são sandálias ou até mesmo ir descalço até o altar. É claro que isso fica por escolha da noiva, mas saiba que o recomendado é não usar saltos muito finos, pois a possibilidade de afundar na hora de caminhar é grande. 

Conheça a Praia da Sepultura

Conheça a Praia da Sepultura

Uma das praias mais procuradas da região, a Praia da Sepultura, em Bombinhas, é uma excelente opção para o mergulho livre. Suas águas límpidas e sem ondas atraem pessoas de todas as idades, que passam o dia mergulhando e observando os peixes coloridos que vivem por lá.

A praia se chama assim devido a uma lenda local que conta que, no século XIX, mais precisamente em 1840 o corpo de um escravo (morto após uma briga) foi enterrado ali. Antes era chamada de Praia da Embaixada.

A região recebe muitos visitantes durante a alta temporada, em outras épocas fica praticamente deserta, permitindo que se desfrute de sua beleza com bastante tranquilidade. As águas são tão calmas que parecem piscinas naturais.

Um dos melhores pontos para o mergulho, é possível realizar tanto o mergulho de flutuação, como o livre e o autônomo.

La mesmo você pode alugar caiaques, pedalinhos e pranchas, para desfrutar o local com um pouco mais de intensidade.

Por ser muito procurada, aconselha- se em períodos de alta temporada  ( dezembro,Janeiro, Fevereiro e Março), ir bem cedo para conseguir um lugar na areia, pois além da praia ser muito procurada a faixa de areia é pequena, mas vale a pena o esforço, nos outros meses do ano a praia da Sepultura fica quase deserta, assim dá para aproveitar bastante.

Na alta temporada a Praia da Sepultura se torna também um ponto de encontro de lanchas, barcos e jetskis ,lá é ponte de parada de quase todos barcos de passeio, por ter águas bem calmas é um ponto ideal para as embarcações ficarem ancoradas, e fazer uma pausa para mergulho.

Bem no canto da praia para os que gostam de contato com a natureza tem uma trilha que leva até a ponta da península, um local muito agradável e gostoso para se se sentar e admirar a beleza do mar, da natureza, e relaxar ouvindo o som do mar batendo nas pedras, um som que faz qualquer pessoa relaxar. No meio da trilha, em um local onde tem uma árvore bem grande caída tem uma outra trilha  que dá acesso a uma linda piscina natural, esta trilha é pequena mas tem uma parte bem íngreme, que possui cordas para ir se segurando. Esta segunda trilha é indicada para pessoas com mais experiência em trilhas , possui grau de dificuldade alto. Mas vale a pena conferir. 

COMO CHEGAR EM BOMBINHAS

COMO CHEGAR EM BOMBINHAS


Mesmo não sendo uma capital, Bombinhas está próxima de dois aeroportos – Florianópolis e Navegantes -, facilitando muito o acesso à cidade. Quem não está de carro tem a opção dos ônibus até Balneário Camboriú, já que a oferta de ônibus até Bombinhas é bem pequena.

Avião

O Aeroporto de Florianópolis está a 80 km de Bombinhas e o de Navegantes, a cerca de 60 km. Ambos são boas opções para quem quer percorrer grandes distâncias de sua cidade natal até a pequena cidade praiana. Os dois aeroportos têm diversos voos diários entre as principais capitais brasileiras, principalmente Rio de Janeiro e São Paulo. O novo Aeroporto de Florianópolis recentemente inaugurado esta como uma estrutura, muito bem organizada e moderna que agiliza muito no processo de check-in, embarque e desembarque, sem contar na grande quantidade de taxis a disposição logo na entrada do aeroporto, para quem preferir a demanda de uber também é grande. Já o aeroporto de navegantes tem a vantagem de estar um pouco mais próximo de Bombinhas, porém dependendo do horário pode pegar bastante trânsito por ter o porto de Itajaí nas proximidades.

Floripa Airport

Ônibus

Para quem vem de ônibus é necessário comprar passagem até Itapema ou Balneário Camboriú, cidades mais próximas com grande demanda de transporte, e de lá pegar outro para Bombinhas ou pegar um táxi da rodoviária onde desembarcou até Bombinhas.

Carro 

Para quem vem de carro tanto pelo sul como pelo norte o acesso é feito pela Br 101, no km 243, onde é necessário pegar a SC 412, atravessar a cidade de Porto Belo, uma cidade cheia de história, e então depois de atravessar a cidade enfim chegar em bombinhas. onde logo na entrada você tem uma vista muito linda da praia de Bombas, tem um mirante logo na entrada.

Depois de chegar em Bombinhas é só se direcionar para a praia de seu desejo, que não são poucas as opções, mas a mais cobiçada de todas é a praia central, a famosa praia de Bombinhas.

Praia de Bombinhas  

Ilha Deserta e Calhau de São pedro

Ilha Deserta e Calhau de São pedro

Ilha Deserta

Um pouco mais afastada da costa, a Ilha Deserta é a menor ilha da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e também um local importante para a reprodução de aves marinhas como o trinta-réis e o gaivotão. O mergulho lá é indicado somente para pessoas que têm mais experiência, uma vez que o local é desabrigado e tem forte correnteza, ondas mais fortes e correntes de retorno. A profundidade pode atingir os 40 metros em determinados locais. A vida marinha faz valer a pena os riscos do mergulho nesta região pois a ilha é refúgio das mais diversas espécies de peixes, crustáceos e corais.

Por se tratar de uma área de reserva ambiental a pesca é proibida no local, com esta política de proibição de pesca  a vida marinha no local está se expandindo cada vez mais, com uma grande variedade de espécies de peixes, crustáceos , tartarugas  e aves que usam o local como refúgio para a procriação.

Costão da ilha Deserta

Ilha do Calhau de São Pedro

O acesso de barco até a ilha é bem difícil. O lugar é desabrigado e as correntes marítimas são muito fortes. Por isso só os mergulhadores mais experientes devem se aventurar por lá. Na ilha do Calhau de São Pedro também é refúgio para aves  marinhas se reproduzirem, por ter muito pouco contato humano as aves se sentem a vontade no local. 

Por fazer parte da Reserva também é proibido o desembarque, pesca e visitação no local, para poder manter sua fauna e flora intacta. 

A fiscalização nas quatro ilhas da Reserva fica por conta da ICMBio – Instituição Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. O instituto é responsável por propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar todas as unidades de conservação federais, além de fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade e exercer o poder de polícia ambiental para a proteção da biodiversidade em todo o Brasil, tanto na área terrestre como na área marinha.

Open chat
1
Olá!
Em que podemos lhe ajudar?