Parque Natural Municipal do Morro do Macaco

Parque Natural Municipal do Morro do Macaco

O Parque Natural Municipal do Morro do Macaco foi criado através da Lei Municipal Nº 113/94 e incorporado ao Plano Diretor Municipal (Lei Complementar nº106/2009) como uma Zona da Unidade de Conservação do Parque Natural do Morro do Macaco (ZUC PNMM), com o intuito de conservar e proteger a região do Morro do Macaco e Ilha do Amendoim/Macuco.  

Está localizado no bairro de Canto Grande, na porção mais ao sul do município. Atualmente a área está no aguardo da elaboração de um Plano de Manejo que possa nortear o uso e ocupação do solo.

O Parque possui diversos mirantes naturais e locais com vistas panorâmicas. Destaque para o topo do Morro do Macaco (191m de altura – visita gratuita) e para o Mirante Eco 360º (218m de altura – visitação paga).

O acesso ao mirante do Morro do Macaco é feito por uma trilha ecológica, com entrada a partir da praia de Canto Grande, próximo ao costão esquerdo. A trilha é considerada de dificuldade média/moderada e leva de 30 a 40 minutos para chegar até o topo, para iniciantes considerar pelo menos 1 hora, mas vale cada minuto gasto. A subida é bastante íngreme e deve ser feita com calçado fechado, preferencialmente quando o sol e o calor não forem tão intensos e exige muita atenção. No caminho há pontos para descansar e outros mirantes, nos quais você pode tirar fotos incríveis e recuperar o fôlego. 

No topo do morro é possível avistar as praias de Canto Grande, Mariscal, Quatro Ilhas, Zimbros, Morrinhos, Cantinho de Zimbros, Parque Natural Municipal Costeira de Zimbros, além da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e suas ilhas Galé, Deserta, Arvoredo e  Calhau de São Pedro. A vista é ainda mais incrível tanto no nascer quanto no pôr do sol.

Pelas condições topográficas, o morro é propício à prática da escalada, e os ventos também são ideais para a prática de voo livre e parapente.

Praias

– Praia do Macuco: localizada na Ilha do Macuco ao sul do maciço do Morro do Macaco, é uma pequena praia preservada, com apenas 11,84 metros de extensão. Não apresenta nenhum tipo de infraestrutura, sendo que o seu acesso é restrito a embarcações.

– Praia do Buraco Quadrado: localiza-se próximo a praia da Tainha na porção sudoeste do PNMM, sendo o acesso feito por meio de propriedades particulares, uma vez que a praia é isolada do mar por rochas. É uma praia preservada com 26 metros de extensão.

– Praia da Tainha: na porção sudoeste do PNMM, local com pouca ocupação, com pequenas residências situadas atrás do cordão de dunas vegetado. Seu acesso é feito por uma estrada de terra que tem início na praia da Conceição. Possui infraestrutra restrista a alguns bares, quiosques e restaurantes. A praia possui cerca de 213,20 metros de extensão.

– Praia do Cação: praia mais a oeste do PNMMM,localizada na ponta oeste do maciço do Morro do Macaco, consiste em um local preservado com uma praia de 64,5 metros de extensão, sendo o acesso feito apenas por meio de trilha (propriedades particulares) ou pelo mar. 

– Praia do Porto da Vó: voltada para a baía de Zimbros, a noroeste do morro do macaco, uma pequena praia com 104 metros de extensão, com acesso a partir da estrada da praia da Tainha, por meio do mar ou trilha. A ocupação humana se restringe a casas particulares de veraneio e por moradias de alguns pescadores/aquicultores tradicionais, com cultivos de moluscos logo a sua frente.

– Praia D’Aguada: próxima à Praia do Porto da Vó, também voltada para a baía de Zimbros a noroeste do morro do macaco, localizada na encosta do Morro do Macaco, próximo a praia do Canto Grande Mar de Dentro em uma área de cultivo de mexilhões. É uma praia com muitas rochas e pouca faixa de areia, sendo esta descontinua. A praia possui 116 metros de extensão é um local preservado, acessível apenas por trilha ou barco.

– Praia da Figueira (Porto do Jorge): é uma pequena praia localizada no extremo norte do maciço do Morro do Macaco, possui um galpão instalado na sua faixa de areia e um pequeno trapiche. Pode ser acessada pelo mar ou trilha com acesso pelo costão do Canto Grande Mar de Dentro.

Ilha do Macuco ou do Amendoim – a ilha faz parte do Parque e seu acesso é feito por embarcações. É uma área muito apreciada por mergulhadores e pescadores amadores.

Ao realizar atividades na natureza, lembre-se sempre:

Não tire nada além de fotos,

Não leve nada além de lembranças,

Não deixe nada além de pegadas,

Não mate nada além de tempo,

Não queime nada além de calorias!

DICAS IMPORTANTES SOBRE AS TRILHAS

  •  A trilha do Morro do Macaco é íngreme e de grau de dificuldade moderado, por isso requer bom condicionamento físico;
  • Use meias e calçados fechados para fazer caminhadas e trilhas;
  •  Proteja-se do sol utilizando boné ou chapéu e protetor solar;
  •  Não faça a trilha sozinho;
  •  Evite fazer a trilha nos horários mais quentes do dia, entre 11h e 15h;
  •  Respeite a natureza e os outros visitantes: fale baixo, não utilize caixas de som, deixe cada coisa no seu lugar e não obstrua a passagem;
  •  Você é responsável pela sua segurança, portanto, não se arrisque;
  •  Leve água e mantenha-se hidratado. Traga de volta todo o lixo que produzir;
  •  Mantenha-se no caminho principal, não utilize atalhos para encurtar caminhos.

ORIENTAÇÕES:

  •  Não faça trilhas quando está chovendo ou logo após períodos de chuva intensa;
  •  Não faça a trilha descalço ou de chinelo/sandálias;
  •  Não é aconselhável o consumo de bebidas alcoólicas antes e durante a realização da trilha;
  •  É proibida a entrada de veículos motorizados;
  •  É proibido cortar ou arrancar a vegetação do parque. Respeite os animais e as plantas;
  •  É proibido deixar lixo nas trilhas e praias. Traga seu lixo de volta;
  •  É proibido fazer fogueiras e acampamentos no parque;
  •  É proibido levar animais domésticos no parque.

FONTE: PORTAL DE TURISMO DE BOMBINHAS

Open chat
1
Olá!
Em que podemos lhe ajudar?